Aciu comemora mais de nove décadas em defesa dos interesses do setor produtivo
postado em 26/12/2018 as 09:34

 

Foto: Diretoria executiva da Aciu para o Biênio 2018/2019 - De cima para baixo, da esquerda para a direita:Agnaldo José da Silva, José Nascimento de Aguiar, Antônio José Bessa Ferreira, Carlos Henrique Santos de Pádua, Luiz Eduardo da Cunha Peppe, Adalberto Eurípedes dos Santos, José Ferreira Peixoto e Anderson de Melo Cadima.   

A primeira entidade classista de Uberaba chega aos 95 anos com o mesmo entusiasmo de seus fundadores. Todas essas décadas na batalha por conquistas em favor do empresariado tornaram a Aciu mais forte, ano após ano, sempre comprometida com os interesses da classe e, consequentemente, com o desenvolvimento socioeconômico de Uberaba. Prestes a completar 200 anos, a cidade de Uberaba passou por inúmeras transformações, grande parte delas com participação expressiva da Associação Comercial.

Para José Peixoto, atual presidente da Associação Comercial, Industrial e de Serviços de Uberaba - Aciu, comemorar 95 anos não é, nem de longe, uma celebração particular da entidade. “Ao longo da história, a Aciu mostrou sua força representativa. Eu costumo dizer que em nossa diretoria titular encontra-se 90% do PIB de Uberaba. É aqui que se concentra a força produtiva da cidade. Esta celebração de aniversário não é só nossa, é de todos, por tudo que já conquistamos pelo desenvolvimento de Uberaba”, destaca.

Defendendo bandeiras como uma justa carga tributária, redução dos gastos públicos, mais infraestrutura, mais segurança pública e competitividade para as empresas, a Associação Comercial trabalha pautada no associativismo. “O associativismo é um grande aliado das empresas, principalmente as pequenas e médias. O empresário não pode atuar de modo isolado, isso faz com que ele perca força e posicionamento no mercado. Junto com a categoria ele se torna mais forte e ganha representação. Nós somos a voz do empresário”, explica.

O líder classista destaca também que a instituição tem investido cada vez mais em ações de capacitação para o empresariado e serviços que o ajudem a crescer, além de buscar melhorias para o setor e mais valorização para a classe. À frente da instituição nos últimos 3 anos, Peixoto relembra os momentos de instabilidade política e econômica que o país atravessou e que afetaram diretamente o empresariado, freando investimentos, fechando empresas e gerando demissões. Em 2015, o Brasil enfrentava o auge da crise econômica. Naquele ano, o PIB (soma de todos os bens e serviços produzidos no país), caiu 3,8%, no pior resultado em 25 anos. Em 2016 foi registrada nova recessão, com queda de 3,6%.

“Mesmo nestes dias de tempestade, continuamos na luta e defendendo a classe. Fizemos vários manifestos contra o aumento dos combustíveis, fomos atrás de nossos representantes políticos para que se posicionassem perante a situação do país e sobre as altas cargas tributárias, que ainda impedem o crescimento econômico e prejudicam o setor produtivo”, diz.

Com o Índice Nacional de Expectativa do Consumidor - Inec em alta, registrado em outubro de 2018 e o mais alto em quatro anos, a diretoria da entidade acredita que o novo cenário político do estado e do país, com a eleição de Romeu Zema para governador de Minas Gerais e, principalmente, com a eleição de Jair Bolsonaro à presidência, dá claros indícios de recuperação do Brasil. O INEC é calculado pela Confederação Nacional da Indústria (CNI).

Ainda segundo o índice, os consumidores também estão mais otimistas com relação à inflação, ao desemprego e a sua renda, e percebem ainda queda de seu endividamento. O indicador da situação financeira aumentou 8,9% em outubro frente a setembro. Segundo a pesquisa, quanto maior o índice, maior o número de pessoas que percebem melhora da situação financeira.

“Estamos confiantes de que 2019 será um ano melhor para todos. Essa recuperação da confiança do consumidor é importante. A expectativa é que ela se reverta em aumento do consumo, um passo importante para a recuperação industrial, de geração de mais empregos e investimentos”, diz. Além de aguardar uma guinada no país em 2019, a Aciu também se prepara para mais um ano de ações e benfeitorias para a classe empresarial. “Nós estamos formatando nossa agenda de ações para esse ano e nosso objetivo é estar cada vez mais próximo do nosso associado”.

No último mês a entidade ofereceu uma programação intensa de eventos em comemoração aos seus 95 anos, entre eles o Café com o Presidente, uma palestra sobre liderança, com o fenômeno nas redes sociais, Rossandro Klinjey, e outra palestra sobre como encantar clientes e potencializar vendas. A agenda de ações foi finalizada com uma grande festa, no Centro de Eventos da ABCZ, com show da Família Lima. O evento recebeu autoridades, convidados e associados para uma grande noite de gala, que teve ainda o lançamento de uma revista comemorativa, produzida pelo Grupo JM de Comunicação, e algumas homenagens.

A programação de aniversário da instituição contou com o patrocínio da Algar, Sicoob Uberaba e Unimed Uberaba. E apoio da ABCZ, Água Nobre, Band Triângulo, Café do Produtor, Digipress, Hotel Golden Park, Jornal da Manhã, Ponto Nobre Outdoor, Sebrae, 3 Pinti Gráfica, TV Integração e Uniodonto Uberaba.

Por Marcela Pires

   

Fonte: Assessoria de Imprensa - Aciu
ACIU - UBERABA
Av. Leopoldino de Oliveira, 3433 Centro
Uberaba/MG

ENTRE EM CONTATO
(34) 3331-5500
contato@aciu.com.br
ACIU 2019 - Todos os direitos reservados.
By UNK.