Lançado o Projeto de Inclusão Digital que beneficiará mais de 400 jovens no Educandário Menino Jesus de Praga
postado em 03/07/2012 as 11:23

Foi lançado nesta segunda-feira, dia 02 de julho, o Projeto Inclusão Digital no Educandário Menino Jesus de Praga, cujo objetivo é atender mais de 400 jovens. O descerramento da placa inaugural contou com a presença dos diretores da ACIU; Juliano Rezende, do Rotary Clube Leste, que é parceiro do projeto; e a Irmã Elisângela da Silva, responsável pelo Educandário.

Para a Irmã Elisângela, é uma honra ter a ACIU e o Rotary Clube como parceiros, pois os jovens do Educandário até então tinham pouco ou nenhum contato com computadores. “A partir de agora, essas pessoas terão a oportunidade de conhecer um novo mundo por meio da informática, para capacitação de crianças, jovens, adultos e idosos do Educandário, que não têm condições financeiras para fazerem curso de informática”, afirmou Elisângela.

As trinta máquinas que serão utilizadas pelos jovens foram doadas pela ACIU. A doação foi a melhor alternativa encontrada, já que as mesmas visavam um destino final ecologicamente correto e, ao mesmo tempo, em prol da sociedade. “Porque jogar no lixo ou deixar armazenando poeira, se podemos contribuir com a inclusão digital?”, questiona Manoel.

Um instrutor voluntário dará todo o suporte para esses jovens, que contarão também com material pedagógico cedido por uma escola de informática. Mais de 400 jovens já se inscreveram para fazer o curso neste momento, o qual será divido em duas turmas, matutino e vespertino. A intenção, segundo o presidente da ACIU, Manoel Rodrigues Neto, é que tenha o período noturno.

“Esse projeto é bem maior do que se pode imaginar. É tudo de graça, vamos capacitar toda a família, que vai desde pais a avós. A ACIU trabalha para o social na inclusão digital, inserindo os que não têm condições de pagar um curso. Já fechamos este mesmo projeto com o Instituto de Cegos do Brasil Central, que também está bem adiantado. Mas, infelizmente, nem todos pensam assim. Segundo o Greenpeace, cerca de 50 milhões de toneladas de sucata eletrônica são jogadas fora por ano, em todo mundo. Uma verdadeira ameaça ao meio ambiente, considerando que o lixo tecnológico possui resíduos tóxicos e perigosos, e apresenta um tempo de decomposição bastante longo. Um monitor, por exemplo, demora cerca de 300 anos para desaparecer na natureza”, afirmou Manoel.

O diretor Bessa Ferreira, da Empresa Únika Informática, disse aos presentes que irá fazer toda a manutenção das máquinas de forma gratuita. Isto mostra a força da ACIU com os seus parceiros e diretores.

 

Fonte: ACIU
ACIU - UBERABA
Av. Leopoldino de Oliveira, 3433 Centro
Uberaba/MG

ENTRE EM CONTATO
(34) 3331-5500
contato@aciu.com.br
ACIU 2019 - Todos os direitos reservados.
By UNK.